Bioarte é um estilo de arte que usa técnicas mistas para retratar paisagens, usando matéria-prima natural como: cascas de árvores, musgos, pedras, folhas, galhos, raízes, madeira rolada, etc...

São quadros em relevo, fontes, maquetes, esculturas, árvores em miniatura e paisagismo.

A Bioarte foi criada pelo artista plástico Marlon Selva, após um insight no interior do Cânion Fortaleza. Numa das inúmeras expedições realizadas pelo artista com amigos, vislumbrou em uma enorme árvore um quadro retratando os cânions, pela forma que as cascas e o musgo se juntam numa harmonia perfeita. Veio dai a ideia de juntar o natural ao artístico gerando a técnica/estilo BIOARTE. 

O trabalho desenvolvido por Marlon, na realidade se chama diorama.

Diorama significa réplica de uma cena em pequena escala. Os dioramas modernos podem ser vistos em exposições de artes e na maioria dos museus naturais, principalmente nos de história. O museu com a maior exposição de dioramas do mundo é o de História Natural de Milão.

CLIQUE NAS FOTOS PARA VÊ-LAS AMPLIADAS. 

Adepto do canyoning e do tracking, Marlon acredita que a força que rege nossas vidas e nossos destinos vem diretamente, ou pelo menos passa, com uma intensidade muito significativa, por entre árvores, rochas, rios e tudo mais que seja realmente natural; que a natureza nos traz paz de espírito, silêncio interior através da meditação, amor a vida, permite-nos estar em sintonia completa com o Universo e repousar nos braços do Criador.

A contemplação constante da natureza, as caminhadas assíduas pelas matas, rios, praias e cânions proporcionara-lhe o ponto de equilíbrio, a força necessária para por em prática a sua imaginação. Através de suas obras o artista quer conscientizar jovens e adultos a prestarem mais atenção as coisas realmente belas da vida.

Marlon acredita que “além da beleza que a natureza nos proporciona, devemos estar atentos à energia revitalizante que ela nos oferece, sem custo nenhum, pois não há preço para o que nos foi dado por Deus.”